15 de junho de 2007

Informe: Cotas na UFRGS

Aos Lutadores, Guerreiras, Militantes e Sonhadoras!!!
Nesta 6ª feira, 15/06 finalmente será votado a proposta de COTAS na UFRGS. Indígenas, Negros e os Pobres em geral serão os beneficiados desta importante, embora pequena, REPARAÇÃO AOS ERROS COMETIDOS durante séculos no país. É a instituição governamental que reconhece a exploração e tenta reparar minimamente a opressão que a nação cometeu sobre o povo africano, indígena e a populaçao empobrecida.
Neste momento é fundamental a presença de todos que militam e apoiam esta causa para pressionar e influir no voto dos componentes do Conselho Universitário da UFRGS. que irão apreciar e votar.

LOCAL: REITORIA DA UFRGS
HORA: 19 horas
É necessária a presença de tod@s companheiros em mais esta luta. Para que possamos garantir a aprovação da Resolução de Cotas para o vestibular de 2008.

Comissão de Mobilização Pró Cotas

4 comentários:

Anônimo disse...

sou contra, acho que o mérito é que deve valer.

sueli halfen ( POA) disse...

Muito tempo fui contra...mas pensando,pensando e pensar dói...sou à favor!
Fiz a UFRGS mas sou "pobre",consegui bolsa de estudos do ginásio até o cursinho.Bati na porta do dono do cursinho da época (MAUÁ) e pedi bolsa...consegui,afinal era branca,magrinha e bonitinha( argh).
A maioria dos colegas tinha grana,carro e até lanchavam na faculdade...Uma coisa invejável!
Lanchar no bar da faculdade...
Consegui a bolsa do cursinho mais por ser BRANQUINHA.
Tenho amigos negros bem situados...( qui coisa,só 2 amigos,1 na Inglaterra,alto cargo,mas sempre de violão em qualquer festinha,lindo)
os pais tinham grana e a grana deles tapavam a cor deles,prá certas pessoas.Prá alguns,GRANA é tudo,mas meus amigos se fixaram por serem inteligentes demais,bons colégios,cursinhos sem bolsa,e aí vai grana de novo!
Tem uma defasagem muito grande entre ensino médio e o da faculdade...A faculdade,por mais incrível,emparelha os estudantes por conta dessa defasagem dos conteúdos estapafurdios que são ensinados no 2º grau.Parte todo mundo do ZERO.
Zeros fora...vamos ver como se saem na faculdade os negros,índios e mestiços!
O medo é deles tomarem o lugar dos branquelas por serem mais eficientes...não tenho medo,quero evidências!

Abraço sueli

sueli halfen ( POA) disse...

Mérito é se formar,ter boas notas...não se pode préjulgar antes
do entendimento dos conteúdos.


Att sueli

Claudia Cardoso disse...

Também concordo que mérito seja critério de avaliação, MAS SÓ ENTRE IGUAIS. Não é o caso para o ingresso em universidade pública. Um aluno egresso de escola pública sem cursinho tem dezenas de vezes menos chance de passar no vestibular da UFRGS do que aluno que estudou em escola privada e fez cursinho. Além do mais, pobreza tem cor e isso não é por acaso. Descendentes de imigrantes europeus que engrossam o MST também não é culpa do acaso. Portanto, acreditar na meritocracia entre diferentes é uma armadilha, a mesma que faz acreditar que as oportunidades são iguais para todos.