15 de setembro de 2007

NÓS SOMOS MARMANJOS TRABALHADORES
E QUEREMOS ESTUDAR
OS MARMANJOS TAMBÉM TÊM DIREITO DE ESTUDAR.

NEEJACP MENINO DEUS
MOÇÃO DE SOLIDARIEDADE
Nós, docentes, discentes e servidores técnico-administrativos, cujo trabalho de ensino, extensão e/ou pesquisa tem interface com a Educação de Jovens e Adultos, vimos por meio dessa manifestar nossa irrestrita solidariedade às/aos docentes e estudantes dos NEEJAs atingidos por mais um desmando do governo do estado do RS.
Na semana passada, a Secretaria de Educação ? SEC retirou mais de 200h de atendimento às/aos estudantes dos núcleos, retirando professores e fechando horários de apoio e orientação, com o argumento de que os NEEJAs não devem fazer ensino presencial.
Atitude que revela absoluta falta de sensibilidade e respeito com as centenas de estudantes já marcados por histórias de exclusão na e da escola, para quem a possibilidade de atendimento real é mais do que importante nos aspectos cognitivos e essencial no que se refere a sócio-afetividade. Além de desacatar a história das comunidades que organizaram e vêm dando sustentação às ações de Educação de Jovens e Adultos vincadas à Educação e Cultura Popular.
Como coletivo que na UFRGS trabalha a temática da EJA, manifestamos nosso repúdio a mais essa clara demonstração de desrespeito do governo do Estado do Rio Grande do Sul com a escola pública, à categoria do magistério estadual e à população gaúcha atendida pelos NEEJAs.
Fonte: IMTRANSE

2 comentários:

Jens disse...

É a política de educação da Yeda. Não vai ficar pedra sobre pedra.

Claudia Cardoso disse...

É a cara dos governos PSDB: devastação total!!!!