24 de julho de 2008

Marcha chega em Porto Alegre

Equipe do Subverta! recebe informações de lideranças do MST de que o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Paulo Mendes, declarou hoje que impedirá a marcha do Movimento de entrar em Porto Alegre, amanhã pela manhã, para a audiência com o Incra.
______________________
Tal "decisão" é inconstitucional. A marcha é pacífica e ordeira e a "atitude" do Comandante da Brigada Militar é política e à direita.

2 comentários:

Lau Mendes disse...

Começo a me preocupar com este sobrenome que ultimamente tem andado muito intimo da incostitucionalidade. Será que isto pega ?

Dialógico disse...

Lau, sossega: sempre há alguém que honra a família... risos...
Abraço!