26 de outubro de 2008

Prêmio ao Coletivo Catarse

O Coletivo Catarse recebe o prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos, categoria Internet, nesta próxima semana pela participação no documentário Nação Palmares. Assista o vídeo AQUI.

Nossos parabéns a essa turma muito especial!

2 comentários:

coronel disse...

Lula chegou para votar em São Bernardo do Campo, São Paulo, acompanhado pelo seu candidato a prefeito, o sindicalista Luiz Marinho(PT), que fez a campanha mais rica do Brasil. Levou o neto para a urna, para votar no seu lugar. Também chegou acompanhado de Dona Marisa Letícia, a primeira dama, envergando uma camiseta vermelha, com a estrela enorme do PT no peito. Fico pensando em quantas oportunidades para servir o país uma esposa de presidente tem em dois mandatos consecutivos. Em mais de seis anos, mesmo que nada soubesse, a "Galega"poderia ter estudado, aprendido, buscado conhecimento, contribuído para qualquer coisa, desde participar de uma ONG para a proteção dos pombos de rua até uma visita semanal a uma creche de crianças abandonadas, onde levaria dondocas e madames para ensinar a cozinhar, tecer, lavar e passar. No entanto, esta primeira-dama vai entrar para a história por dois fatos: plantar uma estrela vermelha de sálvias no jardim do Palácio do Planalto e usar camisetas partidárias em todas as eleições, como se fosse uma fiscal de urna. Que figura patética e lamentável. Que Deus a perdoe por tamanha maldade, tendo tantas oportunidades para fazer o bem.

Dialógico disse...

Coronel, boa tarde. Tudo que diz respeito ao PT não tem solução. Quando uma mulher resolve ser dona de casa, bem ao gosto típico do conservadorismo burguês, bem ao seu gosto, ele é execrada publicamente. Dona Marisa passou o pão que o diabo amassou ao lado do marido grevista em tempo de ditadura. Ela sabe muito bem as dores e as mazelas da vida.
E sabe que a resposta a isso estão nas políticas públicas, não em ações assistenciais para aparecer em coluna social. Ela é a esposa de um presidente da república, não foi eleita para cargo eletivo algum, então, não tem porque ser paga para presidir o clube das primeiras damas, tão ao gosto de suas antecessoras.
Mais, caso ela estivesse encabeçando alguma ONG assistencial, o senhor seria o primeiro a acusá-la de estar mamando nas tetas do estado. Ou seja, para o PT, não há saída.
De mais a mais, a resposta às suas preocupações está no PAC, no bolsa família, no emprego com carteira assinada, etc., etc. Não precisa de primeira dama para nada disso.
No mais, dondoca o senhor sabe como é, parece ter conhecimento de causa: nenhuma está interessada em nada disso do que o senhor acredita que dondoca faz. Dondoca passeia em shopping, passa tardes em cabeleireiros, ginástica e otras cositas más.
Passar bem.