7 de outubro de 2009

MST: tensão em Sarandi

Recebemos mensagem de integrante do Coletivo Catarse:

O Coletivo Catarse esteve em Sarandi para registrar o abuso de autoridade da juíza daquela comarca que exige a retirada das famílias das margens da BR 386. A medida não indica local para levar estas famílias, apenas indica que devam ser expulsas da sua comarca.

Por favor ajudem a divulgar pois o prazo para retirada das famílias esgotou-se dia 05 de outubro e a Brigada pode ser acionada mais uma vez para resolver as questões agrárias do RS.

Abaixo, o vídeo produzido pela Catarse da série "Quem Matou Elton Brum?":


Atualizado em 08/10/2009 às 0h18min.

3 comentários:

VICTOR disse...

Já não era sem tempo. Tá na hora de colocar esse bando de vagabundos para correr...
Vão trabalhar e deixar de viver as custas do governo. Já chega termos que sustentar os políticos ainda temos que manter esse bando de desocupados com cestas básicas e cachaça para depois invadirem as sedes de orgãos públicos e propriedades privadas.
Parabéns ao MP que, mesmo que tarde, tomou a decisão correta.

Guga Türck disse...

Victor, velhinho, larga essa, cara.
Tu ainda vai passar vergonha com esse tipo de discurso, tchê.
As coisas estão mudando e tu não estás vendo.
Mais um pouquinho e neste teu rompante apareceriam termos como "esses comunistas", "esses estupradores de crianças", coisas do gênero.
Esse radicalismo teu não tem mais espaço, cara.
Sou da Catarse, conheço o movimento e o que tu dizes é ou por pura ignorância ou mau-caratismo mesmo. O que preferes?
Muda que ainda é tempo!

Dialógico disse...

Victor, normalmente, nós moderamos comentários "sem noção" como o seu. No entanto, como o jornalista da Catarse te respondeu, tal ignorância, ou mau-caratismo, será mantida.
Podes ter absoluta certeza que, se retornares com argumento baixo e rasteiro, serás excluído. Divergir, sim. Agredir, não.