2 de outubro de 2009

Privatização da água em São Luiz Gonzaga

Do blog do José Renato:

Pinóquio é pouco!

Está prometida para esta sexta-feira a divulgação do Edital de Privatização da Água e Esgoto, em São Luiz Gonzaga.
...
Estou contando as horas, pois com a divulgação do Edital, medidas jurídicas poderão ser tomadas, para barrar essa farsa.
...
E enquanto aguardo, vou navegando por aí. Numa dessas, descobri uma entidade denominada ABCON – Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto. Vejam bem, Concessionárias Privadas. A organização pode ser visitada aqui.

Visitando o site, encontrei uma notícia sobre um Seminário de Saneamento Básico promovido pela ABCON, na qual o nosso conhecido advogado Nelson Serpa, conselheiro para assuntos de licitação de água e esgoto do Prefeito Vicente Diehl, tem participação destacada. Ver aqui.

Para quem está com preguiça de “linkar”, vou adiantar o que está escrito lá no penúltimo parágrafo da tal notícia:

“Também estarão no seminário o advogado Nelson Serpa, do comitê jurídico da ABCON, e Leonardo Barbirato, presidente do Sintercon – Sindicato Interestadual das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto.”

Temos então que esse sinistro personagem integra o Comitê Jurídico da Associação das Concessionárias Privadas de Água e Esgoto.

Em outra página desse mesmo site (espiem aqui), onde estão elencados os associados da ABCON, aparece uma certa Serrana Engenharia (aqui). E quem é o dono da Serrana Engenharia?

Bueno, segundo o Vereador Bene Carvalho, do PMDB de Canoinhas (SC), o dono é o tristemente famoso Nelson Serpa. Por favor, confiram as denúncias do edil catarinense aqui, aqui, e principalmente aqui.


Para que a leitura fique mais cômoda, adianto um trechinho da notícia que pode ser encontrada no último link do parágrafo anterior. Mas insisto que vão até lá e leiam tudo.

“A suspeita é de que a o escritório Serpa, que desenvolve estudo na área de saneamento na cidade, cujo proprietário, Nelson Serpa, possui uma empresa de administração de serviços de água e esgoto, estaria sendo favorecida a vencer o processo. A Serrana, que hoje administra a coleta de lixo no município, também estaria sendo cogitada pelo Executivo para assumir o serviço ...”.

Então, se o Benê estiver correto, podemos montar o perfil completo do alarife. Com os dados disponíveis, dá para concluir que o Nelson Serpa é:

a) conselheiro de Vicente Diehl para assuntos de água e esgoto;
b) assessor jurídico da Ampla, empresa que elaborou Plano Municipal de Saneamento Básico;
c) provável redator do Edital de Privatização;
d) apresentador do Edital de Privatização na Audiência dita Pública;
e) respondedor de perguntas sobre o Edital de Privatização na Audiência dita Pública;
f) dono, ou sócio, de uma empresa privada de saneamento básico em Santa Catarina;
g) dono, ou sócio, de uma empresa privada de recolhimento de lixo (que coincidentemente circula nos gabinetes da Prefeitura, onde se elabora o novo Edital para Licitação do recolhimento do lixo);
c) integrante do Comitê Jurídico das Concessionárias Privadas de Água e Esgoto ...

Isso explica porquê ele odeia tanto a CORSAN. Mas vai ser polivalente assim lá em Santa Catarina.

Ah, antes que eu esqueça:

Como andam dizendo que eu embarquei numas de Teoria da Conspiração, sugiro a meus nobres leitores voltar naquela página dos associados da ABCON (aqui, de novo), e dar mais uma olhadinha.


Encontrarão, dentre outras associadas, as empresas Foz de Cachoeiro S.A., Foz de Limeira S.A., Foz de Rio das Ostras S.A., e Foz do Brasil – Mauá.

E de quem são todas essas “Fozes” todas? Um chiclete pré-mascado, para quem pensou na Odebrecht. Bingo! Comprovar aqui.

Sei não, sei não ... será que a Serrana, essa empresa fantástica que faz um pouco de tudo (engenharia elétrica, civil, ambiental, santária, recolhimento de lixo, administração de aterros, etc.), não faz também suco de laranja?

E “os últimos moitucanos”, que ainda defendem o Prefeito, mas na Audiência dita Pública ficaram "na moita", ainda vão para a rádio dizer que não estão privatizando.


Pinóquio é pouco.

Imagem: diego-ks

2 comentários:

Thiago disse...

Parabéns pela iniciativa deste blog, porque muitos (e muitos mesmo) dos demais meios de informação não são seguros quanto a sua qualidade.
Mesmo que longe de achar que os serviços da CORSAN são os melhores do mundo, não consigo perceber nenhuma outra lógica pra alguma empresa privada tomar conta desse setor (esgoto é necessário, mas é só prejuízo) se não for pra "ganhar" muito e não de forma lícita.

Abraços

Dialógico disse...

Thiago, obrigada pela visita!

O José Renato, da onde pescamos o post, é um bravo lutador, que denuncia o descalabro que políticos do seu município pretendem fazer com a água. Manter a soberania nacional sobre um bem escasso, como a água, é estratégico! Por isso nos somamos a esta luta.
Abraço!