12 de março de 2007

Joe Fogaça e as baratas

Quem é porto-alegrense, ainda deve estar lembrado e lembrada do slogan da campanha do Fogaça manter o que está bom, mudar o que está ruim. Observe a foto, tirada na Salgado Filho, esquina com a Doutor Flores no dia 11/03/07, e tente me explicar, o que pensa a nova administração municipal sobre esta situação*:Pois eu digo: moro na zona sul e pego ônibus, há 20 anos, na Salgado. NUNCA, em todos estes anos, vi lixo, deste jeito, numa das principais avenidas da cidade. Realmente, os eleitores e as eleitoras do Fogaça deveriam achar MUITO RUIM os serviços de limpeza, por isso que DECIDIRAM MUDAR!
Devia ser muito ruim ver os garis varrendo o meio-fio da calçada, bem na hora que a gente subia nos ônibus, aquela varreção toda, atrapalhando o trânsito e o pedestre no seu livre direito de ir e vir!
Desconfio, que houve pressão psicológica dos ratos, moscas e baratas no momento de marcar o voto na urna. Como me recusei a ver a campanha eleitoral na TV, tenho a sensação de que foram as imagens, ao fundo, destes animaizinhos mimosos que comoveram a população a votar em quem defendia os pobrezinhos, cujas ações de limpeza da administração petista estavam acabando com as suas espécies.
Fogaça deve ter buscado inspiração no filme Joe e as baratas. Dizem, as boas línguas, que a não inclusão deste filme na lista dos candidatos ao Oscar, causou comoção no Gabinete do Prefeito. A julgar pelo estado que se encontra a limpeza pública em Porto Alegre, o nosso alcaide deve ser um aficcionado deste filme. Se a sujeira e as baratas do filme arrancavam risos da platéia, ver lixo espalhado em profusão na vida real não tem a menor graça.
Sei não, acho que a turma de eleitores e eleitoras fizeram livre associação de idéias: Fogaça + Eliseu = titica = sujeira = lixo = ratinhos, baratinhas e mosquinhas...
De qualquer sorte, se Fogaça não conseguir o seu intendo de manter o que está bom e mudar o que está ruim, pode largar a política e tentar uma boquinha de cenógrafo em filme trash de "Hollywood"!
Sobre o tema, também é legar ler:
A CARAPUÇA
RS URGENTE
*Fotos editadas, gentilmente, pelo Jean Scharlau. A comunidade blogueira se ajuda! Obrigada, Jensha!

11 comentários:

César disse...

É verdade Cláuda, Porto Alegre está nojenta. Só vi sujeira assim nas ruas quando morei na São Paulo do Maluf, ou no subúrbio, em Parobé, RS.

Agora, não sei sobre São Paulo, mas o subúrbio brilha perto das ruas daqui.

Lau Mendes disse...

Tenho esperança que algum dia um experto em patologia endêmica esclareça que doença é esta que se manifesta na mídia somente quando o quadro no executivo (e outros) é Petista . Esta doença da qual uma das manifestações deve ser a cegueira seletiva , já passou da conta do partidarismo esquizofrênico e da má-fé . Por enquanto é torcer que com a “nova” direção da mídia Guaíba x C.Povo , já que interligados a projeto nacional , promova alguma faísca e daí nasça uma concorrência entre “doidos por dinheiro”, tornando esta mírdia toda menos incoerente .

Lau Mendes disse...

Corrigindo- Guaíba/C.Povo x RBS/ZH

joice disse...

Oi Claudia!
Pois aqui em Pelotas, eles estão também mantendo a "qualidade"(sic) de administração pública que lhes é peculiar, ou seja, estão se lixando pra cidade e pro povo. Até meu irmão que mora e sempre morou em POA e é uma espécie de filhote de onyx lorenzoni anda reclamando - não pra mim, é claro! hehehe
um abraço e agradeço tua visita e gentil comentário. aparece também no http://implicantepornatureza.blogspot.com/
inté!

p.s: o agente me falou de uma festa? ia te mandar email perguntando mas recentemente deu um tilt aqui e perdi todos os endereços..

Guga Türck disse...

Essas pessoas já não têm mais nem cara-de-pau para roubar.
A blindagem é tanta que tá tudo tão fácil.
É lixo nas ruas.
Retrocesso no transporte coletivo.
Gente pintando faixa em avenida na hora do rush!!!
Parece burrice, mas não é.
É pouco caso mesmo.

Jens disse...

Claudia: fazia um tempo que não ia para o Centro da cidade. Ontem fui e vi um out-door com propaganda da prefeitura que me deixou estarrecido: os caras estão louvando o Orçamento Participativo, dizendo que fizeram mais obras e que mais gente está participando. Será que julgam que o povo é idiota? Será que pensam que podem enganar a todos todo o tempo?
Perdão, mas não posso evitar: vou golfar.
Bleargh!

Jens disse...

PS: aqui na minha zona, no Jardim Vila Nova, o mato tomou conta das beiras da calçadas e das praças, a ponto de um vizinho, pateticamente, capinar à praça no sábado passado.

Jean Scharlau disse...

Só um povo emburrecido por décadas de silêncio ditatorial e mídia idiotizante tolera coisas dessas (fazendo de conta que não vê, ou não vendo mesmo). A reação tem que ir pela mídia para cumprir aquela lei da física de que a toda força exercida (ação) corresponde uma reação de igual intensidade e sentido contrário.

Anônimo disse...

Rastreando a web, http:soldadonofront.blogspot.com esteve aqui.

regina ramao disse...

A cidade de Porto Alegre está mais suja, e também mais violenta e triste.

Quando da saudosa administração popular sentia no ar o clima de satisfação e orgulho dos portoalegrenses, bem como dos filhos adotivos da capital, por terem uma cidade limpa, bonita, exemplo de desenvolvimento com qualidade de vida. Porto Alegre era alegre de verdade, na real.

Agora o que assistimos é puro descaso e propaganda enganosa. Quem acredita em contos do vigário que fique com a Porto Alegre virtual, que existe só na cabeça do prefeito, do consórcio partidário que o apóia e na sua propaganda cara e enganosa. Devia haver um código de defesa do eleitor para casos como este.

E agora o prefeito vai retornar ao PMDB, e eu já não agüento mais ter que engolir estas alianças esquisitas a nível nacional, estadual e municipal.

Bom é na cidadezinha do interior, onde a gente vota no prefeito conhecendo o seu passado, a sua família, o seu perfil e a sua competência, onde o que vale é a pessoa e não o partido a que é filiada.

Abraços.

Re

Anônimo disse...

Gostaria de saber se realmente alguem trabalha no PGM/JAI,pois já faz mais de 3 meses que estamos esperando uma resposta que deveria ser de 15dias,o prometido , é sempre a mesma resposta ligue sexta feira ,como que só sexta teria alguém no departamento?Será que devo ir aos meio de comunicação(pode ser que alguém me escute) para obter uma resposta dentro do prazo prometido?Para pagarmos os impostos temos que ser pontuais ,senão levamos multa,acho isto um desrespeito ao comtribuinte.Lamento por chegarmos a este desabafo ,mas não tem explicação o que estão fazendo conosco. não sei mais a quem recorrer.