21 de setembro de 2007

Xamã da chuva

Puxar sacos é uma arte. Não é para qualquer um. É preciso um talento especial. O célebre personagem do Laerte tem um rival à altura: Fernando Albrecht. Cascatinha tira leite de pedra para elogiar nulidades como Fogaça e Yeda. Abaixo, um clássico da lambeção de botas, publicado na sua coluna, no Jornal do Comércio do dia 17/09/07.
Bom ou mau?
Quando a governadora Yeda Crusius falava durante as comemorações dos 50 anos da Cotrijal, em Não-Me-Toque, um forte vento levantou toldos, causando grande correria. Os visitantes foram orientados a buscar outro local para se abrigar. Yeda encerrou rapidamente seu pronunciamento. Os comentários foram de que o "mau tempo" havia chegado com a convidada. Dependendo de que lado se olha a expressão. Estava faltando chuva na região.
Foto: Jefferson Bernardes/Palácio Piratini

3 comentários:

Jens disse...

Putz! Golfei.

Alfredo Neves disse...

Excelente artigo.

miguel grazziotin disse...

o Albrcet é "funcionario" PPS/PSDB. Seu site tem patrocinios de empresas estatais municipais, estaduais,até da prefeitura de Canoas!!! Deste aí, alias, a Band AM pela manha é facista de dar pena!