10 de outubro de 2008

Atenção, Menino Deus!

Querem transformar o bairro Menino Deus num monstrengo, tal qual o que está surgindo em frente ao Iguatemi. Não permitam, não caiam nessa esparrela! Novas construções, tudo bem, mas dentro do limite suportável. As pessoas costumam enxergar o espaço urbano como se não existisse natureza: riachos, fauna, flora, ventos, chuvas. E as incorporadoras, que sabem trabalhar com a emoção, seduzem a população desavisada, escamoteando seus desejos de cobiça e de lucro!

3 comentários:

heliopaz disse...

Cláudia,

POA não é uma cidade agradável, não é bonita e sua população, hoje em sua grande maioria de classe mérdia, adora comer galinha e arrotar faisão.

A barradatijucação da cidade está em pleno vapor. Não dá pra dizer que Rosário será melhor para a cidade porque, mesmo que realize mais investimentos para quem realmente precisa, o PDDUA vai ser modificado como as construtoras querem.

Primeiro, porque pelo menos 50% dos vereadores de TODOS os partidos deve ter sido financiada pela construção civil (depois que descobri isso, preferi votar na Sofia e me arrependo de ter aberto o voto anteriormente para o Adeli assim que fiquei sabendo disso).

Segundo, porque é o setor que mais cresce no governo Lula e ninguém vai se opor à enorme oferta de empregos no setor.

É uma batalha tão perdida quanto as tentativas frustradas de explicar que não foi Olívio que mandou a FORD embora, nem que a GM gera mais impostos e empregos do que centenas de pequenas propriedades rurais e por aí afora.

Cada vez mais, me sinto um peixe fora d'água nesta cidade...

[]'s,
Hélio

Dialógico disse...

Também temos as mesmas preocupações que tens.
No entanto, precisamos denunciar esse estado de coisa e nos mobilizar. Mesmo que o quadro nos seja desfavorável, só na quarta-feira é que saberemos o resultado da nossa luta.
Abração!

Ary da Silva Martini disse...

Nem o "Menino Deus" escapa dos fariseus!