28 de dezembro de 2008


No dia 29 de dezembro, bem no final do ano, a Câmara votará alterações no regime urbanístico de Porto Alegre com o argumento de preparar a cidade para a Copa do Mundo de 2014, promovendo uma permissividade nos padrões construtivos jamais vista na história. Áreas públicas e de uso comum do povo serão privatizadas; alturas e usos, muito além do permitido pelas leis locais, serão admitidos; a ocupação intensiva da orla do rio Guaíba será, finalmente, promovida, contrariando todas as leis existentes. Estarão sendo desrespeitadas Leis Federais, a Lei Orgânica Municipal e o Plano Diretor do Município.

Usam a paixão pelo futebol para dar sustentação política à alteração de leis, que possibilitam a realização de obras faraônicas, onde não se discutem as razões urbanas e comunitárias.

Agora, dia 29 de dezembro, entre as festas de Natal e Ano Novo, aprovarão tudo isto na Câmara Municipal. Aproveitam a desmobilização popular, comum nessa época do ano, e aplicam a chantagem da copa.

Não somos contra a realização da copa em nossa cidade. Não somos contra Grêmio ou Internacional!

No dia 29, o time desfalcado da cidade deve perder de goleada para o “esquadrão de ouro“.
Mas a cidade não pode se omitir, não pode abandonar o campo de luta.

5 comentários:

Anônimo disse...

Construíram o Praia de de Belas Shoping, e deu nova vida a cara de Porto Alegre. Depois veio o Iguatemi e aquele bairro que terminava no Colégio Anchieta se modernizou e ficou mais bonito.
A cidade está crescendo e ficando mais bonita.

Agora, empresa privada, que arrematou o tereno em leilão quer construir e continuar embelezando a cidade e os paranóicos de sempre querem impedir.
Ora bolas, vão cachimbar formiga.

Dialógico disse...

É... Quando alguém utiliza como modelo de desenvolvimento um centro de compras, dá para depreender o nível de analfabetismo político. Para pessoas como tu, qualquer coisa que problematize o modelo de desenvolvimento capitalista é como a parábola de jogar pérolas aos porcos.

Anônimo disse...

E a culpa não é da Yeda ou do Fogaça?

Anônimo disse...

A culpa é de quem: Bush ou FHC?

Dialógico disse...

Na casa da gente, entram apenas nossos convidados. A ultra-direita, aquela que joga pedra tendo telhado de vidro, NÃO É BEM-VINDA. Para estas pessoas que se escondem no anonimato, a Internet é um sem fim de possibilidades para navegar e deixar comentários [anônimos].

AQUI, NÃO!

Uma coisa é conviver com a diferença ideológica de quem tem argumentação. Outra coisa, é aturar gente SEM ARGUMENTOS, que só tem capacidade - por falta de inteligência - para a desqualificação. Aqui, gente dessa laia não tem espaço.