27 de setembro de 2007

Ato em frente ao Grupo RBS vai marcar Dia Nacional de Luta por transparência e critérios nas renovações de concessões
O dia 5 de outubro deve se transformar em uma data símbolo para aqueles que acreditam que é preciso mudar as comunicações para mudar o país. Neste dia, vencem ao mesmo tempo diversas concessões de TV, inclusive as das "cabeças" de algumas das maiores redes do país: as cinco concessões próprias da Rede Globo, a Bandeirantes e a Record.
Regionalmente, esta data marca o fim da validade das concessões da RBS TV Porto Alegre, RBS TV Passo Fundo e RBS TV Florianópolis. Vencem também as concessões da TV Pampa e da TV Bandeirantes RS. E, como todos os meses, diversas concessões de rádio também vencerão em outubro.
Historicamente, os processos de renovação das outorgas para rádio e televisão têm se dado sem qualquer tipo de controle social: os processos não respondem a qualquer critério ou exigências feitas às emissoras para que respeitem o interesse público e nem mesmo os dados sobre as concessões são de fato transparentes. O resultado é a concentração da propriedade e o constante desrespeito a princípios constitucionais, como a promoção da diversidade e o respeito às regionalidades.
Por esta razão, não podemos deixar esta data passar em branco. Como em todo o país, também em Porto Alegre temos de mostrar que o povo brasileiro não aceita mais que os processos de concessão de rádio e TV ocorram em segredo.
Se você quer ver mais do que Duas Caras na TV, participe da mobilização em Porto Alegre no dia 5 de outubro, às 17h, em frente ao Grupo RBS na esquina das avenidas Erico Verissimo com Ipiranga.
Com atos na rua, vamos demonstrar que estamos de olho e que nenhuma concessão poderá ser outorgada e renovada daqui para frente sem que os seus verdadeiros donos – as mulheres e homens de todo o Brasil – saibam como e por que!

7 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Essa assertiva é fantástica: "Com atos na rua, vamos demonstrar que estamos de olho e que nenhuma concessão poderá ser outorgada e renovada daqui para frente sem que os seus verdadeiros donos – as mulheres e homens de todo o Brasil – saibam como e por que!"
Os defensores do jogral do pensamento único chapa branca, a eterna minoria de sempre, querendo explicar ao povo (que povo, cara pálida?) o porquê das concessões. Concessão é concessão e o concessionário e seu público consumidor (muito maior que essa mini minoria participativa) tem toda a liberdade do mundo de criticar os mensalões da vida ( e os cegos da ideologia acham que isso é baboseira direitista) e mostrar ao povo deste país a verdadeira face de um governo corrupto. Essa minoria que vai gritar na frente da RBS poderia muito bem exigir do governo Lula o fim da corrupção, o fim do toma lá da cá, uma melhor gestão pública nos serviços essenciais e, também, e uma TV pública autônoma e de responsabilidade. E o exemplo de um tv pública não é bolivariano, mas europeu. É dose para mamute o racionarismo dessa antiga esquerda.

bancario apavorado disse...

Eu vou. O país começa pelos meios de comunicação.

sueli halfen ( POA) disse...

quem sabe dar um buzinaço quem estiver de carro tb ?????

abraço

Claudia Cardoso disse...

Boa idéia, Sueli! Colocarei isto na pauta da convocação.

Sil disse...

Estarei lá tbm e farei o possível para divulgar.

silvia disse...

Como esse Maia está em todos os blog defendendo a RBS acredito que ele faça parte do quadro de funcionários, pelo visto, as comissões pela defesa devem estar rendendo bem ou ele é um dos que ficam nas portas das agencias do Banrisul vendendo assinatura pois as vendas cairam, cairam!!!

eugênio disse...

Maia, o moderno mesmo é fazer o que tu fazes, como fizeste lá no blog do Feil. Disseste que o Olívio tinha um amigo assassino. Quem tem amigo assassino, é tu, seu quinta coluna de merda. O Diógenes matou quem? Aquele milico americano fdp, que veio para cá torturar brasileiros. Ah! Claro! Tu não és nem brasileiro, vives aqui, mas a tua cabeça está em Miami, Nova Iorque pronta pra servir aos nossos algozes. Uma sugestãozinha pra ti: vai pra lá e tenta fazer o que aquele cara que o Diógenes "assassinou" para ver o que te acontece, calhorda, traidor, quinta coluna. Vou te mostrar quem é a esquerda reacionária, palhaço! E vai a pqp com a tua tv bolivariana.